Universidade de Fortaleza - BDTD - Biblioteca Digital de Teses e Dissertações

Dissertação

Titulo

Literatura e psicologia ambiental : uma análise do livre Memorial de Maria Moura a partir da relação pessoa-ambiente

Autor

Nobrega, Lana Mara Andrade

Programa

Mestrado Em Psicologia

Orientador

Cavalcante, Sylvia

Banca Examinadora

Cavalcante, Sylvia
Pinheiro, José
Teixeira, Leônia Cavalcante
Carneiro, Henrique Figueiredo
Cavalcanti, Virginia de Saboia Moreira

Data da Defesa

13/02/2009

Assunto

Psicologia ambiental
Relações pessoa - ambiente

Resumo

A Literatura ao guardar relações humanas, é, também, guardadora de espaços. O leitor, ser onipresente na obra que está sendo lida, expõe-se não apenas à realidade presente na obra, mas às associações que esta desperta em relação as suas próprias vivências. Em uma releitura do livro Memorial de Maria Moura (MMM), de Rachel de Queiroz, percebemos no trecho em que a personagem-título abraça as paredes de sua casa em despedida, o teor ambiental contido nesta obra. Dessa forma, este estudo constitui-se de uma análise literária feita a partir da relação pessoa-ambiente presente neste livro. Como recorte, analisou-se as falas de Maria Moura e a relação dela com os ambientes presentes em sua vida. Nesta relação, foram identificados alguns conceitos da Psicologia Ambiental (PA), ramo da Psicologia que estuda as relações pessoa-ambiente. Entre os conceitos ncontrados, foram escolhidos para serem trabalhados ao longo deste estudo os de territorialidade, apropriação e vinculação ao lugar. Além disso, como elementos-chave dos estudos dessa área, foram ainda discutidos os Pressupostos da Psicologia Ambiental nesta análise. Esta pesquisa teve também como objetivo trazer à tona as possibilidades de estudos da relação pessoa-ambiente através da Literatura. Em MMM, a presença dos ambientes é tão forte, que a história desta personagem pode ser contada através de seus espaços. Estes estão presentes de tal forma que podem, inclusive, serem considerados personagens da mesma. Ao analisar as simbologias dos espaços de Moura e a relação dela com estes, pode-se entender sobre sua história de vida, bem como os vários significados presentes nos espaços vivenciados e sonhados por ela. Ao analisar Maria Moura e seus espaços, percebeu-se que nas obras literárias a criação paulatina do contexto dado pelo autor e o acesso à intimidade das personagens, nos permite observar a construção da lação pessoa-ambiente, a formação dos vínculos com os lugares, bem como suas simbologias e porquês. Palavras-chave: Literatura; Psicologia Ambiental; Memorial de Maria Moura; Análise literária; relação pessoa-ambiente.

Abstract

Literature, because it contains human relations, it is also, a depository of spaces. The reader, an omnipresent being in the book that is being read, exposes himself not only to the reality present in the book, but also to the associations that the story awakes in regard to his own experiences and life. When reading the book Memorial de Maria Moura (MMM), by Brazilian writer Rachel de Queiroz, we perceived on the scene that the main character hugs the wall of her house saying good-bye to it, the environmental issues contained in this book. In such way, this study constitutes a literary nalysis mphasized on the people-environment relation contained in the book. As focus, were analyzed only the passages of Maria Moura and her relation with the environments present in her life. In such relation, were identified some concepts of Environment Psychology, branch of Psychology that studies the people-environment relations. Among the concepts found, the ones chosen to be studied in this research were territoriality, appropriation and place attachment. Furthermore, as key-elements to the studies in this area, were discussed in this analysis the Assumptions of Environmental Psychology. This research also had as goal to bring light to the possibilities of eopleenvironment tudies present in Literature. In MMM, the presence of the environments holds such trength that the story of this title-character can be told through them. They are so present in the story that they can also be considered as characters. When analyzing Maria Moura and her spaces, it was perceived that in literary works the author's slow and crescent creation of the context and the access to the intimacy of the characters allows us to observe the construction of the people-environment relation, the formation of attachments to the places, as well as their symbologies and reasons. Key-words: Literature; Environmental Psychology; Memorial de Maria Moura; Literary analysis; people-environment relation.

Termo para download

O autor desta obra é o titular dos direitos autorais. Esse trabalho destina-se somente para uso pessoal ou científico. Está proibida a comercialização de qualquer espécie sem autorização prévia do autor.

Li e concordo com as condições acima

Documento Eletrônico Peso Acessos Download
Dissertacao.pdf 541 KB 3880