Universidade de Fortaleza - BDTD - Biblioteca Digital de Teses e Dissertações

Dissertação

Titulo

Ainda estamos vivos ! : estudo etnográfico da terceira idade na comunidade do Dendê

Autor

Cidrack, Marlene Lopes

Programa

Mestrado Em Educação Em Saúde

Orientador

Vieira, Luiza Jane Eyre de Souza

Banca Examinadora

Vieira, Luiza Jane Eyre de Souza
Brandao, Maria de Lourdes Peixoto
Silva, Raimunda Magalhães da
Catrib, Ana Maria Fontenelle

Data da Defesa

13/02/2003

Assunto

Idosos - Etnografia
Envelhecimento

Resumo

Ainda Estamos Vivos é um estudo onde buscamos investigar, sob forma etnográfica, os fatores relacionados ao ambiente e que interferem na promoção de saúde dos idosos, levando-os à perda de identidade e à solidão. A pesquisa foi do tipo qualitativa e desenvolvida por meio de um estudo exploratório-descritivo, que fundamentou a investigação e a interpretação da realidade vivenciada em indivíduos residentes na Comunidade do Dendê, Bairro Edson Queiroz, na faixa etária de 60 a 96 anos, em Fortaleza – Ceará – Brasil. A investigação constou de duas partes: na primeira, realizamos uma pesquisa bibliográfica sobre o assunto e entrevistas preparatórias para identificar os informantes mais adequados ao trabalho. Na segunda, procuramos, via trabalho de campo, verificar como os fatores familiares, culturais e psicológicos contribuem na qualidade de vida desses idosos. Os instrumentos e as técnicas utilizadas para a coleta de dados foram as entrevistas semi-estruturadas e não estruturadas. A análise de dados foi conduzida pelo modelo preconizado por Spradley, exame de domínios culturais. O levantamento nos forneceu informações e compreensão sobre como os diversos fatores pesquisados interferem na qualidade de vida dos idosos, principalmente na conscientização da importância do desenvolvimento de redes sociais – familiar e religiosa – para a reintegração das pessoas desta faixa etária ao seu meio ambiente. Com base nelas, pudemos propor estratégias de desenvolvimento de políticas sociais mais adequadas para reintegrar as pessoas pesquisadas à sua comunidade e à sociedade global.

Abstract

We are alive! As to we try to investigate, it inside etnographic approach, the possible aspects concerned to the environment that can interfere at the promotion of health of the elderly people brought them to the lack of identity and loneliness. The search was qualitative type and et was developped by an exploratory – descritive study – that gave real sense to the investigation and interpretation of the reality faced by the residents of Dendê Commynity, in Fortaleza – Ceará – Brasil, from the age of 60 to 96 years old. The investigation was divided in two parts: the first part was composed by a bibliographic search about the subject and the prepatatory interviews in order to identify the most adequante tellers to the scientific word. The second part was composed by the work in the field in order to verify how much the familiar, cultural, pshychological aspects can contribute to make better life´s quality for elders the instrumen6ts and the techniques used in order to colect the informations were semi-structured and unstructured interviews. For data analysis was guided by Spradley, cultural domain. The findings gave as information andunderstanding about the different aspects that can interfere at elder´s quality of life, so we knew the real necessity of the development of the social chain nets which are mainly familiar and religious in order the reintegration of the persons to their social life. Based on this research we try to suggest strategies of development of more adequated social politics to reintegrate the researched persons to their community and to the global society.

Termo para download

O autor desta obra é o titular dos direitos autorais. Esse trabalho destina-se somente para uso pessoal ou científico. Está proibida a comercialização de qualquer espécie sem autorização prévia do autor.

Li e concordo com as condições acima

Documento Eletrônico Peso Acessos Download
Dissertacao.pdf 548 KB 755