Universidade de Fortaleza - BDTD - Biblioteca Digital de Teses e Dissertações

Dissertação

Titulo

Partograma mobile : uma tecnologia para o acompanhamento da assistência ao trabalho de parto e parto

Autor

Martins, Izabela de Sousa

Programa

Mestrado Profissional Em Tecnologia E Inovação Em Enfermagem

Orientador

Rolim, Karla Maria Carneiro

Coorientador

Vasconcelos Filho, José Eurico de

Banca Examinadora

Rolim, Karla Maria Carneiro
Vasconcelos Filho, José Eurico de
Damasceno, Ana Kelve de Castro
Frota, Mirna Albuquerque

Data da Defesa

05/12/2017

Assunto

Trabalho de parto
Tecnologia
Parto

Resumo

O Partograma é uma ferramenta vital para os profissionais de saúde que precisam ser capazes de identificar o trabalho patológico. É usado para reconhecer as complicações no parto a tempo e para tomar as ações apropriadas. Observa-se, entretanto, na prática que o Partograma possui baixa adesão devido a sua apresentação gráfica que possibilita o erro no preenchimento e/ou preenchido da forma incorreta. O protótipo PARTOGRAMA MOBILE é resultado de um projeto multidisciplinar de pesquisa e desenvolvimento de uma aplicação tecnológica voltada para o apoio do acompanhamento do trabalho de parto, parto e pós parto. Tal projeto apresentou desafios especialmente no projeto de interação-humano computador sendo necessário um estudo de um modelo de interação condizente com o ambiente hospitalar. O objetivo desse estudo foi conceber uma tecnologia móvel em saúde, m-Health, de apoio ao monitoramento e avaliação do trabalho de parto em tempo real no Centro Obstétrico. Para a fundamentação teórico-metodológica, foi utilizado o Design de Interação Participativo Centrado no Usuário utilizando as estratégias do m-Health, oferecendo um meio destinado à aquisição de novos conhecimentos, modificando suas atitudes ou mudanças de comportamento. A pesquisa caracteriza-se como metodológica, aplicada, exploratória e descritiva, ocorreu de maio de 2016 a novembro de 2017, em Fortaleza - Ceará, Brasil em dois cenários, no Hospital São Camilo Cura d¿Ars e o Núcleo de Aplicação em Tecnologia da Informação (NATI) da Universidade de Fortaleza. A execução do projeto aconteceu em quatro fases. A primeira fase de concepção iniciada com a revisão integrativa da literatura que fundamentou o desenvolvimento do produto em laboratório. A segunda fase consistiu na realização do Teste de Usabilidade por dez profissionais especialistas, médicos e enfermeiras. Na terceira fase realizaram-se os ajustes no aplicativo, após o Teste de Usabilidade. Por fim, na quarta fase foi realizado o Teste de Validação da Aparência e Conteúdo do aplicativo por cinco enfermeiras especialistas mestres ou doutoras. A análise realizada pelos especialistas sobre os objetivos do aplicativo, obteve valores do IVC entre 0,8 e 1,0. No bloco de estrutura e apresentação, que avalia a interface do dispositivo ora proposto, a aceitação correspondeu a 99%, uma vez que nenhum item ficou abaixo de 0,79. Com relação a relevância apresentou IVC 1,0. Apesar das avaliações positivas, as enfermeiras apontaram que há necessidade de ajustes para que o aplicativo. Diante do exposto, acredita-se que os objetivos deste estudo foram plenamente atingidos com o desenvolvimento do Partograma Mobile e sua avaliação positiva pelos especialistas em Obstetrícia. Diante dos resultados durante o processo de desenvolvimento e avaliação do Partograma Mobile, assim como dos resultados evidenciados neste estudo e, também a partir das reflexões da pesquisadora, sentiu-se a necessidade de reorganizar o conteúdo e fazer a Validação Clinica junto aos profissionais de enfermagem e pais, sendo a próxima etapa do estudo.

Abstract

The Partogram is a vital tool for health professionals who need to be able to identify pathological work. It is used to recognize complications in childbirth on time and to take appropriate actions. It is observed, however, in practice that the Partogram has low adhesion due to its graphical presentation that allows the error in the filling and / or filling in the incorrect form. The MOBILE PARTOGRAMA prototype is the result of a multidisciplinary research and development project of a technological application focused on the support of labor, delivery and postpartum follow-up. Such a project presented challenges especially in the computer-human interaction project, and a study of an interaction model that is consistent with the hospital environment is necessary. The objective of this study was to design a mobile health technology, m-Health, to support the monitoring and evaluation of labor in real time at the Obstetric Center. For the theoretical-methodological foundation, the User-Centered Participatory Interaction Design was used using the m-Health strategies, offering a means for the acquisition of new knowledge, modifying their attitudes or behavior changes. The research is characterized as methodological, applied, exploratory and descriptive, occurred from May 2016 to November 2017, in Fortaleza - Ceará, Brazil in two scenarios, at Hospital São Camilo Cura d'Ars and the Nucleus of Application in Technology of Information (NATI) of the University of Fortaleza. The project was implemented in four phases. The first phase of conception began with the integrative review of the literature that based the development of the product in the laboratory. The second phase consisted in the achievement of the Usability Test by ten specialist professionals, doctors and nurses. In the third phase the adjustments were made in the application, after the Usability Test. Finally, in the fourth phase, the application's Appearance and Content Validation Test was carried out by five master or doctoral specialist nurses. The analysis performed by the experts on the objectives of the application, obtained IVC values between 0.8 and 1.0. In the structure and presentation block, which evaluates the interface of the proposed device, the acceptance corresponded to 99%, since no item was below 0.79. Regarding the relevance, it presented IVC 1.0. Despite the positive evaluations, the nurses pointed out that there is need for adjustments to the application. In view of the above, it is believed that the objectives of this study were fully achieved with the development of the Mobile Partogram and its positive evaluation by specialists in Obstetrics. On the results during the process of development and evaluation of the Mobile Partogram, as well as the results evidenced in this study, and also from the reflections of the researcher, the need was felt to reorganize the content and make the Clinical Validation with the professionals nursing and parents, being the next stage of the study.

Termo para download

O autor desta obra é o titular dos direitos autorais. Esse trabalho destina-se somente para uso pessoal ou científico. Está proibida a comercialização de qualquer espécie sem autorização prévia do autor.

Li e concordo com as condições acima

Documento Eletrônico Peso Acessos Download
Dissertaçao.pdf 3.329 KB 99